Brasil

Bêbada fica “muito empolgada” na hora da relação sexual e acaba presa por perturbação

Uma mulher, de 39 anos, foi levada para a Delegacia Civil, na madrugada desta sexta-feira (7), por provocar perturbação alheia após gritar muito durante o ato sexual, em Apucarana (PR). Conforme boletim de ocorrência, a vizinha entrou em contato com a polícia militar informando que gostaria de representar contra uma mulher que estaria gritando muito […]

Bruna Vasconcelos Publicado em 07/09/2018, às 16h52

None

Uma mulher, de 39 anos, foi levada para a Delegacia Civil, na madrugada desta sexta-feira (7), por provocar perturbação alheia após gritar muito durante o ato sexual, em Apucarana (PR).

Conforme boletim de ocorrência, a vizinha entrou em contato com a polícia militar informando que gostaria de representar contra uma mulher que estaria gritando muito e constrangendo sua família.

A solicitante relatou aos militares que divide o quintal e, na parte de trás, a vizinha estaria fazendo sexo com o marido com a janela do quarto aberta e gritando descontroladamente. A voz alta estaria perturbando o sossego dos vizinhos e da filha, que teria ficado constrangida com a situação.

Conforme publicado no portal RTV Canal 38, a autora teria assumido que gritou muito, mas acrescentou que o marido da vizinha jogou pedras em sua janela. A polícia militar encaminhou a suspeita para a Delegacia dentro da viatura por se encontrar em visível estado de embriaguez.

Jornal Midiamax