Brasil

Assembleia de MG autoriza processo de impeachment contra Pimentel

Abertura de impeachment foi autorizada pela Assembleia Legislativa

Aliny Mary Dias Publicado em 26/04/2018, às 17h57 - Atualizado às 18h35

None

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT) enfrentará processo de impeachment. A abertura do procedimento foi aprovada nesta quinta-feira (26) pela Assembleia Legislativa de Minas.

A presidência da Casa de Leis determinou que comissão especial seja criada para que tramitação do processo seja analisada.

Segundo o UOL, o pedido foi justificado pelos constantes atrasos no pagamento de salários dos funcionários públicos e na demora nos repasses devidos às prefeituras mineiras, aos fornecedores do Estado e, mais recentemente, à própria Assembleia.

“O pedido considera o atraso nos repasses do duodécimo à Assembleia e ao TJMG. O que se constitui crime de responsabilidade. Mas são tanta razões para se dar início a esse processo de impeachment que eu poderia ficar a tarde inteira citando cada uma delas. O governador Pimentel inaugurou a era do calote em Minas”, afirmou o deputado Gustavo Valadares (PSDB) ao Estado de Minas.

Ao G1, o governo do estado disse que viu com “estranheza” a aceitação do pedido de impeachment, considerado pelo executivo “inconsistente e sem sustentação jurídica”. Disse ainda que espera a “prudência necessária” na análise do caso por parte dos deputados e que “não é momento para aventuras políticas”.

Jornal Midiamax