Desembargador aposentado é alvo da Operação Alcméon

Policiais federais cumprem 23 mandados judiciais em uma Operação deflagrada na manhã desta quarta-feira (30), que mira um desembargador aposentado que teria vendido votos em sentenças judiciais expedidas pelo TRF5 (Tribunal Regional Federal da 5ª Região).

A Operação “Alcmeón” foi deflagrada pela Polícia Federal no Rio Grande do Norte, mas também tem mandados de busca e apreensão em Pernambuco. Foram expedidos dois mandados de prisão, outo de condução coercitiva e 13 de busca e apreensão nos dois Estados.

Segundo as investigações, dois desembargadores do TRF5, localizado em Recife, teriam vendido votos em sentenças de casos julgados na Operação Pecado Capital, que investigou um esquema de desvio de recursos entre o Inmetro e uma instituição do Rio Grande do Norte.PF investiga esquema de venda de sentenças em Tribunal no Recife

Dos dois magistrados, um faleceu e o outro está aposentado. Os investigadores não divulgaram o nome dos desembargadores. Ainda estariam envolvidos nos crimes um assessor e advogados, que auxiliaram no processo de repasse de valores em espécie e por transferências bancárias.

Os suspeitos são investigados pelos crimes de corrupção passiva, ativa, exploração de prestígio, falsidade ideológica e associação criminosa. O nome da Operação, Alcméon, faz referência a um mito grego sobre traição e confiança.