Brasil

PF investiga esquema de tráfico de drogas em aeroporto no RJ

Grupo enviava malas com drogas para Europa e EUA

Joaquim Padilha Publicado em 19/12/2017, às 11h23

None

Grupo enviava malas com drogas para Europa e EUA

Funcionários e terceirizados da Infraero e da Receita Federal são alvos de uma operação contra o tráfico internacional de drogas no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na zona norte do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (19).

Desde manhã os agentes da Polícia Federal estão nas ruas da Ilha do Governador cumprindo 36 mandados de prisão e um mandado de condução coercitiva contra os suspeitos de se envolverem no esquema.

Segundo o jornal Extra, do Rio de Janeiro, 24 pessoas já foram presas na Operação, suspeitas de envolvimento com tráfico de drogas, contrabando, descaminho e desvio de bebidas de aeronaves.

As investigações contra o grupo tiveram início em fevereiro, quando a PF descobriu uma mala com 37 quilos de cocaína destinada a Amsterdan. Apesar de partir do Rio, a bagagem estava em nome de um casal que seguiu voo para Salvador, na Bahia.PF investiga esquema de tráfico de drogas em aeroporto no RJ

Os policiais depois descobriam que tudo era parte de um esquema, em que o grupo selecionava aleatóriamente o nome de passageiros e despachava bagagens com drogas para o exterior, no nome dos escolhidos.

O esquema acontecia em conluio com pelo menos dois funcionários da Receita Federal, que não vistoriavam as malas. As bagagens eram enviadas principalmente para Europa e Estados Unidos.

Jornal Midiamax