Brasil

Morre ex-senador boliviano após queda de avião no Brasil

Ele estava refugiado no Brasil 

Evelin Cáceres Publicado em 16/08/2017, às 15h07

None

Ele estava refugiado no Brasil 

O ex-senador boliviano Roger Pinto Molina morreu nesta quarta-feira (16) em Brasília em decorrência do acidente aéreo que sofreu no último sábado (12). Roger, que tinha 58 anos, pilotava o próprio avião de pequeno porte que caiu na região de Luziânia (GO), a cerca de 60 km da capital federal, segundo informações do site Congresso em Foco.

Com várias lesões pelo corpo, ele estava internado em estado grave no Hospital de Base de Brasília. Molina chegou ao Brasil em 2013 em uma operação que envolveu o diplomata Eduardo Saboya e o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado à época.

O ex-senador havia se refugiado na sede da missão diplomática do Brasil em La Paz, pedindo asilo político sob a alegação de que era perseguido pelo presidente Evo Morales. O episódio resultou na demissão do ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, responsabilizado pela então presidente Dilma. O caso também gerou protesto por parte do governo da Bolívia.

Jornal Midiamax