Governo identifica ação de black blocks em manifestações da greve geral

Cinco capitais teriam participação de black blocs, segundo governo
| 28/04/2017
- 16:40
Governo identifica ação de black blocks em manifestações da greve geral

Cinco capitais teriam participação de black blocs, segundo governo

A equipe de inteligência do governo Federal identificou risco de participação de black blocs nos atos da geral desta sexta-feira (28). A informação foi publicada na coluna Painel da Folha de S. Paulo.

Cinco capitais brasileiras estão na mira das equipes de inteligência: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Porto Alegre (RS) e Fortaleza (CE).

O Palácio do Planalto trabalha com a possibilidade de conflito entre tropas policiais e manifestantes nas regiões. As forças policiais das cinco regiões foram alertadas das suspeitas de black blocs.

Os auxiliares do presidente Michel Temer (PMDB) dizem que houve uma radicalização no discurso de convocação para as manifestações após a aprovação da reforma trabalhista.

O governo também suspeita de que os black blocs utilizem uma estratégia de posicionar estudantes menores de 18 anos à frente dos movimentos, para constragem a ação das polícias militares.

Nesta quinta-feira (27), homens da Força Nacional desempacotaram no Ministério da Justiça, em Brasília, uma série de artefatos como bombas, armas e escudos, o que levantou a suspeita de que o governo se prepara para repressão às manifestações.

(com supervisão de Evelin Cáceres)

Veja também

Últimas notícias