Presidente interino do Senado diz que quer tirar PEC do Teto de votação

Declaração foi feita em reunião com Calheiros
| 06/12/2016
- 16:21
Presidente interino do Senado diz que quer tirar PEC do Teto de votação

Declaração foi feita em reunião com Calheiros

O vice-presidente do Senado Federal, Jorge Viana (PT), que deverá assumir a presidência da Casa a posição após o afastamento de Renan Calheiros (PMDB), disse que iria supender toda a pauta de votações dos projetos de interesse do governo, incluindo a PEC 55 (Projeto de Emenda Constitucional), a chamada "".

A informação é do jornal O Globo. A mensagem de Viana teria sido dita durante uma reunião na casa do ex-presidente do Senado Renan Calheiros, afastado por uma decisão provisória do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello.

Há uma pressão por parte da bancada petista para que o futuro presidente interino retire da pauta do Senado a votação da PEC 55, que estabelece um limite para o crescimento das despesas públicas. A PEC é considerada um dos pilares da agenda econômica do governo Temer.

Na noite desta segunda-feira (5), Viana disse que pretendia ser cauteloso em relação a que medidas tomaria como presidente do Senado. "Vamos aguardar, que a situação é gravíssima."

"Pedimos a compreensão de todos para aguardar até amanhã, que confirmando a notificação e o afastamento do presidente Renan, eu vou olhar a pauta e ver o que podemos fazer com o tempo que nós temos”, disse Jorge Viana.

A proposta da PEC 55 está prevista para ser votada no dia 13 em segundo turno no Senado Federal. O governo, principal interessado na votação, teme que o calendário seja alterado com a mudança no comando da Casa Legislativa.

(sob supervisão de Evelin Araujo)

Veja também

No total, o Brasil tem 672.101 vítimas e 32.536.302 casos da doença

Últimas notícias