Brasil

Operação da PM no Rio procura responsáveis por queda de helicóptero

Helicóptero caiu na noite de sábado

Joaquim Padilha Publicado em 20/11/2016, às 11h56

None
helicopterocaido.jpg

Helicóptero caiu na noite de sábado

A cúpula da Segurança Pública do Rio de Janeiro deflagrou neste domingo (20) uma nova operação na Cidade de Deus, favela na zona oeste da cidade, após a queda de um helicóptero da Polícia Militar neste sábado (19) que causou a morte de quatro policiais. Um homem foi preso.

O homem foi encaminhado para à 32ª Delegacia de Polícia de Taquara. Com ele foram apreendidos três fuzis e duas pistolas, segundo a PM. Durante a operação, as principais ruas da Cidade de Deus foram interditadas.

Os motivos da queda do helicóptero da PM ainda estão sendo investigados. Ainda não se sabe se a aeronave sofreu uma pane ou foi alvejada por criminosos. Ela era usada como apoio a uma operação que ocorria na favela ao longo do sábado.

Na noite de sábado, após a queda do helicóptero, chefes das polícias do Rio de Janeiro se reuniram emergencialmente com autoridades da Secetaria Estadual de Segurança. Os dirigentes deflagraram na madrugada a operação na Cidade de Deus, que está sendo realizada por policiais militares de diversos batalhões.

Desde a sexta-feira (18) foram registrados intensos confrontos entre criminosos na Cidade de Deus. Durante todo o sábado, policiais entraram em confronto com os traficantes e milicianos. A Linha Amarela de metrô da cidade foi fechada por duas vezes devido aos tiroteios.

(sob supervisão de Jessica Benitez)

Jornal Midiamax