Brasil

Casa de Delcídio em condomínio de luxo na Capital é dada como garantia ao MP

Senador ganhou autorização para vir ao MS

Ludyney Moura Publicado em 15/03/2016, às 16h18

None
_mg_39991.jpg

Senador ganhou autorização para vir ao MS

O casa do senador Delcídio do Amaral (PT) em Campo Grande, localizada em um condomínio de luxo na Avenida Rodolfo José Pinho, no Jardim Bela Vista, foi colocada como garantia, no valor de R$ 1,5 milhão, no Termo de Acordo de Colaboração Premiada assinado pelo parlamentar com o MPF (Ministério Público Federal).

O imóvel, que não consta na relação de bens declarados à Justiça Eleitoral em 2014, quando perdeu a eleição para governador, também foi citado pelo assessor de Delcídio, José Eduardo Marzagão, como ‘à venda’, para pagar as custas processuais de defesa do senador.

No termo assinado com o Ministério Público, a garantia se daria já que Delcídio se comprometeu a pagar R$ 1,5 milhão ‘a título de multa compensatória’. Sendo que 80% do valor irá para a Petrobras e o restante para União.

Segundo o documento, o acordo se restringe a ‘todos os crimes compreendidos no escopo do complexo investigatório denominado Caso Lava Jato’.

Por um ano e meio, a contar da homologação do acordo, o que aconteceu nesta terça-feira (14), Delcídio ficará e condição ‘equivalente’ ao ‘regime semiaberto domiciliar’. Período pelo qual ele deverá permanecer em Brasília, mas terá permissão para viajar, nos fins de semana, para Campo Grande, Corumbá, Florianópolis (SC) ou São Paulo (SP), ‘em local residencial definido, observado o recolhimento domiciliar em horário noturno’.

O acordo, que também previa ‘confidencialidade’, estabelece que Delcídia se comprometia a cumprir ‘prestação de serviços à comunidade’, por sete horas semanais durante seis meses, em um órgão a ser escolhido pela Justiça Federal. 

Segundo a presidente do Sindimóveis (Sindicato dos Corretores de Imóveis de Mato Grosso do Sul, Marta Recalde Lino, a casa do senador deve custar em torno de R$ 4 a R$ 5 milhões. “Depende muito do acabamento e da área construída. O valor também é influenciado pelo tempo de uso do imóvel, a chamada depreciação. Tomando por base casas de alto padrão e uma prévia avaliação com outros corretores, acredito que uma casa no Condomínio Bela Vista custe entre R$ 4 e R$ 5 milhões. Tudo vai depender do acabamento, que no caso do parlamentar, acreditamos ser de primeira”, disse.  (matéria editada às 16 horas para acréscimo de informações)

Jornal Midiamax