Brasil

Anastasia apresenta parecer sobre impeachment; votação ocorre na quinta

Comissão deve julgar intens apresentados no relatório

Norberto Liberator Publicado em 02/08/2016, às 15h09

None
antonio-anastasia-foto-george-gianni-psdb-3-768x512.jpg

Comissão deve julgar intens apresentados no relatório

O senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), relator da comissão especial que discute o impeachment no Senado, apresentou na manhã desta quarta-feira (2) parecer favorável ao afastamento definitivo da presidente Dilma Rousseff (PT).

Ele deve ler o documento em reunião da comissão, ainda na terça. De acordo com o portal Uol, um grupo de senadores aliados a Dilma quer adiar a leitura. Anastasia afirma que há provas de responsabilidade da presidente afastada em ações consideradas crimes de responsabilidade.

Segundo o relatório, Dilma atuou na edição de decretos ao Orçamento, que ampliaram a previsão de gastos do governo, e nas chamadas ‘pedaladas fiscais’, que seriam atrasos nos repasses – referentes ao Plano Safra – ao Banco do Brasil.

“A gravidade dos fatos constatados não deixa dúvidas quanto à existência não de meras formalidades contábeis, mas de um autêntico atentado à Constituição", diz o parecer, que será votado pela comissão na quinta (4) e, caso passe por ela, vai a plenário na próxima terça-feira (9).

A comissão julga o mérito da acusação, ou seja, se há justificativa para o pedido de impeachment da presidente. De 21 membros, apenas cinco defendem a permanência de Dilma. No plenário, as sessões finais devem começar no dia 29 de agosto e durar cerca de uma semana.

Jornal Midiamax