Brasil

Policiais civis interessados em remoção tem até sexta-feira para fazer requerimento

Pelo edital, a prioridade de remoção é para os policiais já efetivos

Diego Alves Publicado em 23/02/2015, às 23h49

None

Pelo edital, a prioridade de remoção é para os policiais já efetivos

Investigadores e escrivães da Polícia Civil lotados em Campo Grande e no interior do Estado que queiram pedir remoção para outras cidades, tem de hoje (23) até a próxima sexta-feira (27), para preencher e entregar o requerimento à chefia imediata, conforme prevê o Edital DGPC/SEJUSP/MS/N.º 001, publicado na última quinta-feira (19), pela Delegacia Geral da Polícia Civil (DGPC).

Pelo edital, a prioridade de remoção é para os policiais já efetivos, que poderão ser removidos de ofício ou a pedido, visando atender à necessidade de serviço e assegurar o pessoal necessário à eficiência operacional das unidades policiais. Serão observados ainda os compromissos assumidos pelo Governo do Estado através do convênio Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron), celebrado com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

A intenção é suprir a deficiência de efetivo existente em algumas unidades. De acordo com o edital, serão ocupadas prioritariamente pelos policiais civis em estágio probatório, lotados conforme Portarias “P” DGPC N.º 432, de 1º de dezembro de 2014, e “P” DGPC N.º 433, de 1º de dezembro de 2014, ambas publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) N.º 8812 de 3 de dezembro de 2014.

Nos pedidos, os interessados devem indicar até três cidades, em ordem sucessiva, para as quais tenham interesse de ser removidos. Caso queiram, os policiais podem fazer justificativas e juntar documentos que comprovem a necessidade da remoção. Para acessar o edital e o formulário de pedido de remoção, clique aqui.

Jornal Midiamax