Brasil

Juiz cita deputado para ser ouvido em julgamento de ativistas

O juiz presidiu hoje (15) mais uma audiência de instrução e julgamento dos manifestantes

Diego Alves Publicado em 16/01/2015, às 01h33

None

O juiz presidiu hoje (15) mais uma audiência de instrução e julgamento dos manifestantes

O juiz Flavio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, pediu que o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) seja ouvido no processo que julga 23 ativistas políticos. De acordo com despacho do magistrado, a inquirição do parlamentar foi uma demanda da defesa dos réus, entre eles, Elisa de Quadro Pintos Sanzi, a Sininho.

Itabaiana ressaltou que o deputado tem a prerrogativa de combinar o dia, a hora e o local para ser ouvido. Contudo, o juiz salientou que deverá ser um lugar com capacidade para abrigar o número de advogados que acompanham o caso, além de ter condições técnicas para permitir a gravação da audiência. A assessoria de Freixo confirmou o recebimento do despacho e disse que ele está à disposição da Justiça.

O juiz presidiu hoje (15) mais uma audiência de instrução e julgamento dos manifestantes, que respondem a processo por associação criminosa e por atos praticados a partir dos protestos de junho de 2013 até os dias que envolveram a final da Copa do Mundo, no ano passado. Foram ouvidas testemunhas de defesa dos ativistas.

Do lado de fora do Tribunal de Justiça, cerca de 50 manifestantes fizeram um protesto contra o processo que visa a incriminar os ativistas, alguns deles presos. Sininho está foragida, depois de receber ordem de prisão, por ter participado de um ato cultural em frente à Câmara Municipal, quando havia ordem judicial proibindo ela de integrar manifestações.

Jornal Midiamax