Brasil

‘Japonês da Lava Jato’ que virou piada na internet já foi preso pela própria PF

Newton Ishii já foi preso

Diego Alves Publicado em 28/11/2015, às 11h54

None
8xairm3v0c3dm6q5oyo9mxe70_1.jpg

Newton Ishii já foi preso

Baixo, de cabelos brancos e sempre de óculos escuros, Newton Ishii é figura garantida nas ações da Operação Lava Jato. Chefe do Núcleo de Operações da Polícia Federal em Curitiba, o agente Newton Ishii esteve presente em importantes prisões, como a do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, do empresário Marcelo Odebrecht, do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, e do pecuarista José Carlos Bumlai.

Alvo de piadas recentes nas redes sociais e visto como alguém que faz valer a lei, Newton Ishii foi preso com outros cinco agentes pela própria Polícia Federal em 2003, durante a Operação Sucuri, no Paraná, suspeito de integrar uma organização criminosa acusada de contrabandear grande quantidade de mercadorias para o Paraguai. À época, o Tribunal Regional Federal (TRF) negou o pedido de habeas corpus dos policiais federais presos.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), os denunciados deixavam de fiscalizar táxis e vans conduzidos por outros integrantes da quadrilha, responsáveis pelo transporte das mercadorias do Paraguai para o Brasil.

De acordo com o blog Expresso, da revista Época, Ishii responde a processos criminal e civil, além de uma sindicância. Ele foi reintegrado pela Polícia Federal com confiança da direção.

Nesta semana, a prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) revelou um áudio em que o parlamentar teria supostamente citado o agente da PF como “o japonês bonzinho” que vende informações para revistas.

Piadas

A presença constante nas prisões da Lava Jato deu certo reconhecimento a Newton Ishii e alguns perfis nas redes sociais o citam em brincadeiras, como o do comediante Sérgio Mallandro, que traz uma montagem com fotos do policial e a mensagem. “Se esse japonês tocar a campainha da sua casa às 6h da manhã não abra porque você tá f**ido. Rá!!”, disse o humorista. Este é um dos gifs que têm circulado nas redes e feito grande sucesso.

Jornal Midiamax