Brasil

Expectativa dos jovens pela nota do Enem 2014 gera memes na internet

Usuários fizeram piadas e brincadeiras sobre a prova nas redes sociais.

Clayton Neves Publicado em 13/01/2015, às 16h48

None
02.jpg

Usuários fizeram piadas e brincadeiras sobre a prova nas redes sociais.

O Ministério da Educação (MEC) irá divulgar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2014) nesta terça-feira (13), permitindo que os candidatos entrem no sistema com seu cadastro para conferirem o desempenho na prova. O horário da divulgação não foi anunciado e, segundo o MEC, pode ocorrer “até o fim do dia”. A pasta vai ainda promover uma entrevista coletiva às 15h em Brasília.

Com a expectativa e ansiedade nas alturas, os candidatos usaram as redes sociais para reclamar do funcionamento do site, que enfrentou problemas devido ao grande número de acessos, e para descontrair, fazendo piadas e preenchendo timelines com memes.

O G1 separou algumas das postagens compartilhadas pelos usuários, que postaram frases e fotos a respeito da prova realizada nos dias 8 e 9 de novembro de 2014.

O eterno rei do Pop, Michael Jackson, não parecia satisfeito com a demora das notas.

Alguns candidatos apelaram para a fé e fizeram pedidos para que o desempenho no Enem fosse satisfatório, e brincaram com os temidos “tiques azuis” do WhatsApp, que indicam que a mensagem foi lida pelo destinatário.

O perfil @OCriador, uma paródia no Twitter que escreve mensagens como se fosse Deus, também entrou na brincadeira, e criticou quem passa mais tempo na web do que nos livros.

Há candidatos que brincaram sobre as possíveis “más notícias”, e fogem dos amigos e até dos pais para evitar uma bronca.

Nota
Para ver a nota, o candidato deverá inserir seu número de inscrição do Enem, CPF e senha de acesso. Qualquer dúvida o candidato pode ligar para o telefone de auxílio do Enem: 0800 61 61 61. O candidato deve acessar sua nota nos sites enem.inep.gov.br ousistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem.

Cada um dos mais de 6,3 milhões de candidatos poderá ver a nota que tirou nas provas objetivas (ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática), além da prova de redação.

A nota das provas objetivas usa a metodologia da Teoria da Resposta ao Ítem (TRI). Uma das principais dúvidas sobre a TRI é o fato de que é impossível o aluno tirar nota 1.000 na prova de múltipla escolha (na redação, isso é possível).

Por meio dessa metodologia, mesmo que o aluno acerte todas as 45 questões de cada prova, sua nota nunca será 1.000. Da mesma forma, um candidato que erre todas as questões não acaba com a nota zero (ou, no caso do Enem, a pontuação mínima, que é 200 pontos).

Isso acontece porque o exame dá pontos aos candidatos de acordo com uma escala. Ou seja, a nota do candidato não se trata diretamente do seu desempenho individual, mas de como ele se saiu dentro do conjunto dos demais candidatos. Por exemplo, quanto mais próximo da nota máxima, mais certeza é possível ter de que o estudante domina os conhecimentos exigidos.

Jornal Midiamax