Ex-diretor da Petrobras é preso em nova fase da Lava-Jato

Policiais federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão nesta quinta
| 02/07/2015
- 15:00
Ex-diretor da Petrobras é preso em nova fase da Lava-Jato

Policiais federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão nesta quinta

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (2), a 15ª Fase da , nomeada ‘Conexão Mônaco’. Os policiais federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão: três no Rio de Janeiro (RJ) e um em Niterói (RJ) e um mandado de prisão preventiva no Rio de Janeiro (RJ).

O preso é o ex-diretor da área Internacional da , Jorge Luiz Zelada, que será levado para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) onde permanecerá à disposição do juízo da 13ª Vara da Justiça Federal. Zelada foi detido em sua casa, no Rio de Janeiro, e será encaminhado para a prisão da PF em Curitiba até o fim da tarde desta quinta-feira, segundo confirmou a Polícia Federal.

O foco das investigações é o recebimento de vantagens ilícitas no âmbito da Diretoria Internacional da Petrobras. Os investigados responderão pelos crimes de corrupção, fraude em licitações, desvio de verbas públicas, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

Uma entrevista coletiva está marcada para as 10 horas no auditório da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

 

Veja também

Vítimas seguiam para conferência sobre educação humanizada

Últimas notícias