Brasil

Em caso raro, bebê nasce com dente formado em Santa Maria

Médico obstetra diz que dente não irá atrapalhar no desenvolvimento.

Clayton Neves Publicado em 07/01/2015, às 20h27

None
bebedente.jpg

Médico obstetra diz que dente não irá atrapalhar no desenvolvimento.

Um bebê de Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, nasceu com uma característica rara: um dente. Antônia veio ao mundo nesta terça-feira (7) com 3,835 kg e 51 centímetros no Hospital de Caridade. O caso é considerado raro pela medicina.

A mãe, Suelen Pradie, afirma que fez oito exames de ultrassom durante os nove meses de gravidez e em nenhum deles apareceu o dente da filha. A surpresa só foi aparecer após o nascimento.

“Todos dentro da sala do centro obstétrico começaram a rir e ficaram encantados. Ninguém tinha visto. Ela mama superbem, é muito tranquila. Vou procurar um dentista para ver qual é o procedimento a fazer”, conta a mãe.

O médico que fez o parto de Antônia, Fernando Clavé, é obstetra há 35 anos e afirma que nunca viu um caso parecido. Porém, garante que o dente não deve atrapalhar no desenvolvimento da criança.

“É um dente saindo e outro querendo sair. Quem viu primeiro foi o pediatra, que me disse que o bebê tinha um ‘dentão’. A minha reação imediata foi não acreditar e responder que era mentira”, lembra o médico. Entretanto, ele acredita que o dente logo deva cair, para na hora certa a dentição normal se desenvolver.

Já nos primeiros minutos de vida, a mãe vestiu a pequena com roupas típicas gauchescas, feitas sob medida. A família, que valoriza a cultura do estado, afirma que a nova integrante nasceu pronta para seguir as tradições. “Ela já veio preparada para comer um churrasco”, brinca Suelen.

Jornal Midiamax