Brasil

Corpo de filho de Geraldo Alckmin que morreu em queda de helicóptero é velado

Velório é fechado para familiares e amigos e acontece no hospital

Midiamax Publicado em 03/04/2015, às 13h48

None
filhoalckmintwitter02.jpg

Velório é fechado para familiares e amigos e acontece no hospital

O velório de Thomas Alckmin, 31 anos, acontece na manhã desta sexta-feira no Hospital Albert Einstein, Morumbi, São Paulo. O corpo de Thomaz foi liberado pelo IML por volta das 3h da manhã e a cerimônia do velório começou por volta das 4h30.
O velório é fechado para familiares e amigos.  Às 14h está previsto o traslado para o cemitério municipal de Pindamonhagaba (a 156 km da capital paulista), onde Thomaz será enterrado.

Thomaz Alckmin deixa a mulher, Tais, duas filhas, Isabela e Julia, e os irmãos Sophia e Geraldo Alckmin Neto. Segundo o IML de São Paulo, os cinco corpos foram liberados até as 7h desta sexta-feira.

Além de Thomaz Alckmin, morreram o piloto Carlos Haroldo Isquerdo Golçalvez, 53 anos, o mecânio Paulo Henrique Moraes, 42 anos, ambos funcionários da Seripatri. No helicóptero também havia dois ocupantes: Erick Martinho, 36 anos, e Leandro Souza, 34 anos, mecânicos da Helipark, empresa de manutenção.

O acidente 
O helicóptero caiu, por volta das 17h, em cima de uma residência em Carapicuíba, na Grande São Paulo, na tarde desta quinta-feira (2). Além de Thomaz Alckmin, morreram o piloto Carlos Haroldo Isquerdo Golçalvez, 53 anos, o mecânio Paulo Henrique Moraes, 42 anos, ambos funcionários da Seripatri. No helicóptero também havia dois ocupantes: Erick Martinho, 36 anos, e Leandro Souza, 34 anos, mecânicos da Helipark, empresa de manutenção.

As investigações serão conduzidas pela Polícia Civil.

Jornal Midiamax