Brasil

Câmara rejeita criação de federações partidárias

O texto era uma alternativa ao possível fim das coligações 

Diego Alves Publicado em 17/06/2015, às 00h15

None
camara_deputados.jpg

O texto era uma alternativa ao possível fim das coligações 

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, por 277 votos a 157 e 7 abstenções, o texto do relator da reforma política (PEC 182/07, do Senado), deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que previa a possibilidade de os partidos se unirem na forma de uma federação partidária durante toda a legislatura, atuando como um único bloco parlamentar.

O texto era uma alternativa ao possível fim das coligações partidárias, mas, como as coligações foram mantidas, muitos deputados consideraram que a federação partidária se tornou desnecessária.

Jornal Midiamax