Brasil

Aplicativo do Detran-BA tem sete mil downloads em menos de um dia

É possível ver situação de multas e pedir segunda via de documentação

Gerciane Alves Publicado em 12/08/2015, às 19h50

None
app.jpg

É possível ver situação de multas e pedir segunda via de documentação

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) lançou um aplicativo que pode diminuir as filas encontradas na sede do órgão, em Salvador, para quem precisa solicitar serviços. O app gratuito está disponível para download em dispositivos móveis com sistemas operacionais Android e iOS. “Desde as 15h de ontem até 10h desta quarta-feira, foram 7.000 mil downloads”, informou o diretor-geral do órgão, Maurício Bacelar.

Quem baixar o “Detran.BA Mobile” precisa inicialmente fazer um cadastro, com e-mail e senha. Para ter acesso às informações, deve informar números de documentos como o da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), do CPF (Cadastro Nacional de Pessoas Físicas) e do Renavan (Registro Nacional de Veículos Automotores).

No aplicativo, o usuário pode solicitar segunda via de habilitação e da documentação de veículos, além de visualizar a situação de infrações, como multas de trânsito.Também é possível fazer um perfil do próprio veículo ao organizar informações sobre a próxima revisão e da troca de óleo, de bateria, de pneus e de extintor de incêndio. O aplicativo ainda oferece informação sobre o resultado de exames e um simulado para o teste da primeira ou a renovação da habilitação. 

“A cada 30 dias, novos serviços serão oferecidos no aplicativo, para que seja feito paulatinamente e seja oferecida maior segurança. Dentro de seis meses, as pessoas terão que vir ao Detran apenas quando for exigido, para colher biometria, tirar fotografia e fazer vistoria do veículo”, relata Bacelar.

Segundo ele, em 60 dias, o usuário que for ao SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) fazer renovação da Carteira Nacional de Habilitação, para tirar retrato e fazer biometria, vai poder agendar o serviço pelo aplicativo. “O pré-atendimento vai poder ser feito pelo smartphone”, garante o diretor do Detran.

Jornal Midiamax