Brasil

Albatroz-de-sobrancelha deixa lista de espécies ameaçadas

Conquista é resultado do esforço nacional de um programa para conservação da espécie

Midiamax Publicado em 02/04/2015, às 09h10

None
a308a18e-cc3f-4282-96be-ced62385d651.jpeg

Conquista é resultado do esforço nacional de um programa para conservação da espécie

Depois de esforços do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em parceria com o Projeto Albatroz, o albatroz-de-sobrancelha saiu da Lista de Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção, divulgada em dezembro de 2014. Atualmente, a espécie está na categoria Quase Ameaçada (NT).

A espécie Thalassarche melanophris é uma ave migratória cujas asas negras se destacam em meio à plumagem brancas. Possui olhos bem marcantes.  O albatroz-de-sobrancelha viaja pelos mares do hemisfério sul.

Desde 2003, ele era apontado como espécie ameaçada de extinção (na categoria Vulnerável – VU), com uma população global de aproximadamente 600 mil casais.

Segundo a analista ambiental do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres (Ce,ave/ICMBio), Patrícia Serafini, a boa notícia é fruto de um conjunto de fatores, que incluem o Plano de Ação Nacional para a Conservação de Albatrozes e Petréis (Planacap), lançado em 2006, e um grande eum grande esforço internacional.

Jornal Midiamax