Sem títulos reais, princesa Mako
encontra novo trabalho em Nova Iorque

14/04/2022 -
19:07

A princesa Mako do Japão conseguiu um novo emprego em Nova York depois de abrir mão de seu título para se casar com um plebeu em outubro do ano passado. Mako Komuro, que se casou com seu namorado da faculdade e se mudou para Nova York no final do ano passado e agora é a mais nova contratada da equipe de curadores do The Metropolitan Museum of Art of New York City, o Met.

O casamento de Mako gerou muita polêmica, isso porque, a lei do Japão exige que uma princesa “deixe a família imperial após o casamento com um plebeu”. Sendo assim, a princesa Mako desistiu de seus títulos reais para se casar com Komuro. Ela também recusou um pagamento de $ 1,3 milhão de dólares do governo japonês que é tradicionalmente pago a mulheres reais que perdem seu status real quando se casam.

Mako está trabalhando como voluntária no Met. A princesa está trabalhando na coleção de arte asiática do museu e esteve envolvida especificamente na preparação de uma exposição de pinturas inspiradas na vida de um monge do século 13 que viajou pelo Japão enquanto introduzia o budismo.

Mako é qualificada para o trabalho e se formou na International Christian University, onde conheceu seu futuro marido Kei Komoro, em arte e patrimônio cultural. Ela também estudou história da arte na Universidade de Edimburgo, na Escócia, antes de receber seu mestrado em Museu de Arte e Estudos de Galeria em 2016 na Universidade de Leicester.

Ainda como membro da realeza, ela trabalhou como pesquisadora especial no Museu da Universidade de Tóquio.

received 735380084478878 - Sem títulos reais, princesa Mako<br>encontra novo trabalho em Nova Iorque
Foto : Reprodução



Veja também