Divulgação

Caos aéreo na Europa 

03/08/2022 -
11:20
Divulgação

A Europa está enfrentando um caos aéreo nas últimas semanas, com centenas de voos cancelados ou atrasados, filas gigantescas, malas perdidas ou danificadas e problemas com conexões.

Durante a fase mais aguda da pandemia do novo coronavírus muitos aeroportos demitiram boa parte de seus funcionários. Mas, com a volta do turismo após a reabertura das fronteiras, estão enfrentando um caos aéreo.

As companhias aéreas não estão conseguindo respeitar suas obrigações contratuais.

O aeroporto de Heatrow, em Londres, o maior da Europa, chegou a pedir para as companhias aéreas pararem de vender passagens, limitando o tráfego de passageiros a 100 mil por dia, para tentar minimizar a falta de pessoal.

Um verdadeiros casos de violações contratuais, já que as passagens aéreas são verdadeiros contratos, estipulados entre a companhia e o passageiro.

Sobre indenização:
Vai depender da distância:
250 euros por passageiro para voos até 1.500 quilômetros;
400 euros para voos superiores a 1.500 quilômetros dentro da UE e entre 1.501 e 3.500 quilômetros fora da UE;
600 euros para viagens superiores a 3.500 quilômetros.



Veja também