Le Blog Maria Antonia

Camila Lanfredi põe a mão na massa: “De uma tradição familiar, transformei em negócio”

Nutricionista desde 2002, ela se desenvolveu no segmento de boas práticas de fabricação de alimentos e hoje toca seu negócio com receitas familiares.

Maria Antonia Naegele Publicado em 14/05/2021, às 17h00

None
Foto: Acervo Pessoal

Sua relação com as massas e pastas veio da infância, tradição de família gaúcha com ascendência italiana, com a mão boa pra fazer comida boa. A Nutricionista Camila Lanfredi Beiersdorf não nega as origens e põe as mãos na massa em seu negócio, a Pasta Colore – Massas Artesanais, desde 2013. 

Com a família gaúcha, lá de Porto Alegre, os tortéis da vó eram um sucesso em casa e se concretizou como uma tradição familiar. Inspirada nisso, a Nutricionista decidiu compartilhar seu conhecimento e essas receitas mais que especiais, além de vender as massas e ensinar como prepará-las, através de cursos e dicas no Insta da Pasta Colore. 

Como tudo começou, como ela se reinventou na pandemia e as delícias que ela produz, você confere nesta entrevista!   

Foto: Acervo Pessoal

Tradição na Cozinha 

Minha família gaúcha, com descendência italiana, era tradição todas as vezes que íamos à Porto Alegre ou minha avó vinha para Campo Grande, ela fazer a famosa receita de tortél (massa recheada com abóbora cabotiã, canela, pimenta do reino e queijo parmesão). Não podia passar essa oportunidade. E saía briga pelos Tortéis. Então fazíamos bastante, para não faltar!!! Ali, percebi meu desejo de empreender e pensei no segmento das massas artesanais, já que as massas era algo que vinha de família. Avaliei, fiz planejamento, estudei o mercado. 

O EMPRETEC me abriu os olhos para um novo mundo, então resolvi empreender. De uma tradição familiar, vi algo a mais e transformei em negócio. E foi então, que no ano de 2013, surgiu a Pasta Colore – Massas Artesanais. Fui atrás de cursos para me atualizar nesse segmento, pois o que eu sabia era apenas o básico e nada além de receitas diferentes e técnicas profissionais. E assim minha história com as massas se iniciou, aliado com minha profissão de nutricionista, onde eu aplicaria todo o meu conhecimento em meu próprio negócio. 

Foto: Acervo Pessoal

E então que esse ano de 2021, em meio à uma pandemia que já se mantém a um bom tempo, decidi retornar com as massas, porém em um formato diferente! 

Já que eu quero produzir artesanalmente, pensei: porque não ensinar mais pessoas a fazer a massa artesanal, do jeitinho que eu desenvolvi? Então, retornei as produções de algumas massas, e também estou trabalhando em cursos que permitam que as pessoas levem para a casa delas o conhecimento, o sabor, o amor, a mágica de fazer massas, a experiência em que eu acumulei ao longo desse tempo, tendo uma marca que já foi um sucesso. 

Friozinho e uma boa massa 

A época está muito propícia pra se comer uma massa deliciosa, pois o frio está chegando, e massas e vinho super combinam! Reunir os amigos, a família, um par romântico em torno da mesa, com uma massa e um bom vinho, é de encher os olhos e o coração de muito amor e calor.  Lá no instagram @pasta_colore, você terá acesso diário sobre o dia a dia, com dicas, vídeos de receitas e muito conteúdo legal. 

Jornal Midiamax