Le Blog Maria Antonia

20 de Junho - Dia Mundial do Refugiado

Le Blog Maria Antonia Publicado em 20/06/2021, às 14h07

Foto : Reprodução
Foto : Reprodução

Enquanto houver guerras… o número de refugiados não vai parar de crescer.

Causa perplexidade pensar na falta de humanidade dos governantes dos países ricos destinando fortunas incalculáveis para comprar armamentos na indústria bélica conscientes de que tais artefatos podem ferir inocentes e causar destruição em massa.

Quando vão considerar que as guerras só fazem crescer a coluna dos miseráveis? É assombroso o número de refugiados em êxodo pelo mundo afora. São seres humanos como qualquer um de nós. Famílias inteiras que deixaram suas histórias para trás. E por uma circunstância independente de suas vontades são forçados a abandonar suas origens, em busca de um lugar onde possam recomeçar suas vidas com um mínimo de dignidade.

Ironicamente os países mais ricos do mundo também investem grandes somas em publicidade, com objetivo de divulgar suas campanhas pela paz. Se isso não é forjar um sentimento de humanidade para causar comoção ...

No entanto, não somente guerras mas conflitos de ordem política também colocam a pessoa na situação do refúgio. Muitos cidadãos fogem de seus países porque são ameaçados por organizações criminosas que dominam o cenário político local. Outros fogem porque perdem tudo na guerra e a situação do país impede a reconstrução de suas vidas.

Nenhum país e nenhuma cidade do mundo estão tão imunes a conflitos que não possam cair em uma guerra civil ou militar, à dominação por organizações criminosas ou a sofrerem com a falta de recursos no futuro. Se isso nos acontecer amanhã, talvez estejamos sujeitados a cair na condição de refugiados como acontece hoje com sírios, congoleses, afegãos, nigerianos, sudaneses, venezuelanos, cidadãos do leste europeu e de outras nacionalidades.

O acolhimento e o tratamento com respeito e dignidade são a melhor saída para que o mundo supere essa crise.


Fotos : Reprodução

Jornal Midiamax