Le Blog Maria Antonia

Na Groenlândia, a principal geleira do Ártico se quebra sob a influência do calor.

Como consequência direta do aquecimento global e do aumento das temperaturas na Groenlândia, uma massa de gelo de 113 km2 acaba de se desprender da maior geleira ainda existente no Ártico, a Geleira 79 N, anunciaram cientistas dinamarqueses nesta segunda-feira. É normal que uma geleira libere icebergs de vez em quando, mas não enormes plataformas […]

Maria Antonia Naegele Publicado em 15/09/2020, às 08h13

None

Como consequência direta do aquecimento global e do aumento das temperaturas na Groenlândia, uma massa de gelo de 113 km2 acaba de se desprender da maior geleira ainda existente no Ártico, a Geleira 79 N, anunciaram cientistas dinamarqueses nesta segunda-feira.

É normal que uma geleira libere icebergs de vez em quando, mas não enormes plataformas congeladas desse tamanho.

As temperaturas na região aumentaram cerca de 3 ° desde 1980 e atingiram níveis recordes em 2019 e 2020.

Na Groenlândia, a principal geleira do Ártico se quebra sob a influência do calor.
Foto : Reprodução
Jornal Midiamax