Le Blog Maria Antonia

Abraçar vacas, a nova mania mundial?

Chamada “koe knuffelen” (abraço à vaca), esse passatempo surgiu em províncias rurais da Holanda há mais de uma década, e agora faz parte de um movimento holandês mais amplo para aproximar as pessoas da natureza e da vida no campo. Os adeptos do abraço à vaca geralmente começam fazendo um tour pela fazenda que oferece […]

Maria Antonia Naegele Publicado em 15/12/2020, às 11h18 - Atualizado às 11h22

None

Chamada “koe knuffelen” (abraço à vaca), esse passatempo surgiu em províncias rurais da Holanda há mais de uma década, e agora faz parte de um movimento holandês mais amplo para aproximar as pessoas da natureza e da vida no campo.

Os adeptos do abraço à vaca geralmente começam fazendo um tour pela fazenda que oferece o serviço, antes de repousarem encostados em um dos animais por duas a três horas.

A temperatura corporal mais quente, o batimento cardíaco mais lento e o tamanho gigantesco da vaca podem fazer com que abraçá-la seja uma experiência incrivelmente relaxante e aconchegante.
Fazer uma massagem nas costas do animal, deitar junto a ele ou até mesmo ganhar uma lambida podem fazer parte do encontro terapêutico.
Acredita-se que fazer carinho nas vacas promova positividade e reduza o estresse ao aumentar o nível de ocitocina no sangue, hormônio liberado em situações de vínculo social e emocional.

“Com vários benefícios pra saúde mental…”

Fonte: BBCNews

Abraçar vacas, a nova mania mundial?
Foto : Reprodução
Abraçar vacas, a nova mania mundial?
Foto : Reprodução

Jornal Midiamax