Le Blog Maria Antonia

Colunista espanhol sugere Nobel da Paz para bombeiros que atuam em Brumadinho.

Juan Arias, do El Pais, lembra que o Brasil nunca recebeu o prêmio da Academia Sueca. ‘O que o país precisa é acreditar que ainda é possível encontrar pessoas comuns e anônimas capazes de oferecer um exemplo de abnegação e de luta’, diz. Ele defende que o trabalho dos militares uniu o país. “Milhões de […]

Maria Antonia Naegele Publicado em 06/02/2019, às 12h34

Foto:Reprodução
Foto:Reprodução - Foto:Reprodução

Juan Arias, do El Pais, lembra que o Brasil nunca recebeu o prêmio da Academia Sueca. ‘O que o país precisa é acreditar que ainda é possível encontrar pessoas comuns e anônimas capazes de oferecer um exemplo de abnegação e de luta’, diz.

Ele defende que o trabalho dos militares uniu o país. “Milhões de brasileiros, de fato, se identificaram, sem diferenças políticas, em um movimento de solidariedade com os bombeiros salva-vidas que conseguiram criar um clima de alento em um contexto de polarização asfixiante. Os bombeiros conseguiram o milagre de unificar por um instante um país quase em guerra”.

“Se conceder ao Brasil o Nobel da Paz, não poderia ser neste momento a um político. A política não é, certamente, o que hoje entusiasma os brasileiros céticos de um lado e do outro. A política, com todas as suas corrupções e ambiguidades, não está sendo no Brasil um catalisador de esperanças”. O que o país precisa é acreditar que ainda é possível encontrar pessoas comuns e anônimas capazes de oferecer um exemplo de abnegação e de luta para salvar vidas e não para humilhá-las e sacrificá-las”, diz Juan Arias.

Colunista espanhol sugere Nobel da Paz para bombeiros que atuam em Brumadinho.
Foto:Reprodução
Jornal Midiamax