Search
Política

TJMS cobra comemoração pela fundação de Campo Grande

Tribunal de Justiça enviou um ofício indagando a Câmara Municipal sobre a não realização do evento

Publicado por
Graziella Almeida
Compartilhar

O (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) enviou um ofício a indagando a falta de comemoração dos 150 anos anos de fundação do município. A data era pra ser comemorada no dia 21 de junho, mas passou despercebida pelo Poder Legislativo e Executivo da Capital.

No documento, o presidente do TJMS, o desembargador Carlos Eduardo Contar, ressaltou o 'retumbante silêncio' do Poder Público Municipal em relação a data, mas que a Câmara Municipal deveria reparar a omissão da prefeitura.

"Assim, ao não comemorar a marcante passagem do sesquicentenário da fundação de Campo Grande quando direito (21 de junho) é certo que - ao menos - deveria o Legislativo Municipal reparar tal omissão buscando alguma forma promover a divulgação de tal efeméride ao longo ano, ainda que tardia (e de forma a se lamentar) a devida correção e festejos do legítimo aniversário da nossa cidade", indagou o desembargador.

O Jornal Midiamax procurou pela Prefeitura Municipal e o presidente da Câmara Municipal, mas não obteve retorno até o fechamento do texto.

Nova data

Prestes a completar oficiais 123 anos, Campo Grande teria feito, na realidade, 150 anos nesta terça-feira, 21 de junho de 2022. A informação sobre uma verdadeira data de comemoração do aniversário da Capital de Mato Grosso do Sul é baseada em documentos divulgados pelo bisneto do fundador da cidade e reiterada por historiadores locais.

Éddson é bisneto de José Antônio Pereira, o fundador de Campo Grande, e afirma que tenta esclarecer aos campo-grandenses a verdade sobre datas festivas de Campo Grande, cujo aniversário seria em 21 de junho e não em 26 de agosto.

"Sabiam que hoje (21/06/2022) estamos comemorando o sesquicentenário de Campo Grande? Pois é… e não vejo nada na mídia, nem citações da data pelos nobres vereadores ou pela Prefeitura da Capital", reclamou Éddson Alkontar nas redes sociais.

Em resumo, Alkontar detalha e faz uma linha do tempo dos acontecimentos:

21/06/1872: Fundação de Campo Grande, data que marca a chegada de José Antônio com seu filho Antônio Luiz e dois agregados, acampando às margens do Prosa com o Segredo e decidindo aqui fundar um povoado.
23/11/1889: Elevação do povoado à categoria de Freguesia (lei 792)
26/08/1899: A Freguesia de Campo Grande é elevada à Vila (resolução 225)
20/07/1910: Instala-se a Comarca de Campo Grande (lei 549)
16/07/1918: Campo Grande é elevada à Cidade (lei 772)
11/10/1977: Campo Grande torna-se Capital do Estado de Mato grosso do Sul (lei complementar nº 31), cuja instalação deu-se a 01/01/1979

Jornal Midiamax

Esta notícia foi publicada em 28 de junho de 2022 16:42

Publicado por
Graziella Almeida

Esse site utiliza cookies.